FEVEREIRO LARANJA

O mês de Fevereiro foi escolhido para conscientizar a população sobre a leucemia e a importância de se tornar um doador de medula óssea. A Campanha Fevereiro Laranja também tem como principal objetivo alertar sobre o valioso diagnóstico precoce da doença.

As estatísticas retiradas do Instituto Nacional de Câncer (INCA), mostram que a leucemia é o 9º câncer mais comum no sexo masculino e o 11º no feminino.

Diferentemente de outros tipos de cânceres que acontecem, principalmente, em pessoas acima de 40 anos, as leucemias podem aparecer em qualquer época da vida. Inclusive, dentre os cânceres pediátricos, ela está em primeiro lugar nos mais comuns (28%), seguida pelo câncer do sistema nervoso central (26%).

SINAIS E SINTOMAS

- Palidez

- cansaço

- Febre

- Aumento de gânglios;

- Infecções persistentes ou recorrentes;

- Hematomas e sangramentos inexplicados;

- Aumento do baço e do fígado.

A detecção precoce é essencial para tratar o tumor em fase inicial, o que possibilita melhores resultados no tratamento, onde a confirmação diagnóstica é feita com o exame da medula óssea (mielograma).

No Brasil, Atualmente, soma mais de 4 milhões de pessoas, constituindo-se o terceiro maior registro de doadores voluntários do mundo. Porém devido à pandemia o número de doações caiu em 30%.

De acordo com o Ministério da Saúde, as doações e transplantes de medula óssea não foram interrompidos por causa da pandemia da COVID-19, mas estão sendo aplicadas algumas restrições de segurança. Para se inscrever e fazer parte dessa grande parcela de doadores é só acessar: redome.inca.gov.br/doador e seguir o passo a passo.

Seja um doador, seja um multiplicador de vida!